` Um cupcake com razão de ser! | Give me Flour

Give me Flour

É tempo de férias minha gente! Give Me Flour está dando um tempo, fazendo uma pausa! Você provavelmente já notou que as coisas andam um pouco lentas nos últimos dias. Juro que pensei que daria conta de tudo, das crianças em casa, hospedar e aproveitar o tempo com minha irmã, me preparar para uma viagem de 45 dias, fotografar e escrever para o blog mas acabei falhando.

As fotos e receitas não foram problema, construi um estoque de idéias para manter o blog funcionando e visualmente as coisas estão em dia. Mas não sou tão boa com palavras como sou com imagens e gostos, especialmente considerando que tenho que escrever em duas línguas, inglês que ainda estou aprendendo, e português, que já estou perdendo. Fui muito otimista mas agora  estou desistindo. Quero e preciso refrescar minha mente e espero voltar com novas idéias para setembro.
Pois é, você não leu errado não, setembro. Estamos saindo amanhã, domingo, 10 de julho para o que provavelmente vão ser as nossas maiores férias. É uma mistura de emoções, excitação, medo e alegria. Fizemos uma viagem como essa ano passado, um pouco mais curta e foi simplesmente fantástica. Vamos ver o que a estrada está reservando para nós dessa vez!
Pretendo manter contacto através da nossa página no Facebook. Se você não teve oportunidade de conferir, dê uma olhada nas fotos exclusivas que são postadas a cada semana.
Vou me despedindo então e deixo vocês com este cupcake com uma “razão de ser”. O tamanho perfeito com a quantidade perfeita de caramelo e um toque de sal pra surpreender. Um bolo grande e “normal” não poderia fazer melhor.


A receita vem mais uma vez de um livro de Martha Stewart. Na verdade, é uma combinação de duas receitas, o cupcake de açúcar mascavo e o recheio de caramelo com sal usado aqui como cobertura. Fiz esta receita para minha irmã no seu último dia aqui e queria deixar a receita pra ela antes de sairmos. Sei que ela amou e tenho certeza que você vai também!

*Use um açúcar mascavo mais claro que encontrar, de preferência, com cor de raparura.

**A receita original pede “buttermilk”, um tipo de leite fermentado que não temos no Brasil. Mas nesse caso ele é perfeitamente substituível. Use iogurte integral ou coalhada líquida.
Pré-aqueça o forno a 165 ˚C. Forre a forma de cupcake com forminhas de papel.

Misture a farinha em pó, o fermento e o sal.
Com a batedeira em velocidade média alta, bata a manteiga e o açúcar mascavo até a mistura se tornar pálida e fofa. Adicione os ovos, um de cada vez, até que cada um esteja incorporado, raspando os lados da vasilha quando necessário. Adicione os ingredientes secos em três lotes, alternando com dois lotes de iogurte (ou coalhada), e batendo após a adição de cada um.
Divida a massa igualmente entre as forminhas, preenchendo apenas três quartos de cada uma. Asse, girando a forma na metade do tempo, até dourar ou até que um palito inserido no centro saia limpo, cerca de 25 minutos. Transfira a forma para uma grade e espere esfriar por 10 minutos; desenfome os cupcakes e deixe esfriar completamente.

Cupcakes podem ser armazenados por até três dias em temperatura ambiente ou congelados por até 2 meses, em recipientes hermeticamente fechados.
Para finalizar, mergulhe o topo de cada cupcake no caramelo, vire rapidamente e polvilhe com uma pitada de sal marinho. Cupcakes são melhores no dia em que são glaçados; manter em temperatura ambiente até que esteja pronto para servir.

Aqueça a água, açúcar e glicose de milho em uma panela média, em fogo alto alto, mexendo ocasionalmente, até que o açúcar se dissolve completamente. Clipe um termômetro para caldas e doces ao lado da panela ou observe o ponto do caramelo. Pare de mexer e cozinhe até calda começar a ferver, “lavando” as laterais da panela com um pincel molhado para retirar qualquer cristal de açúcar. Ferver, girando delicadamente a panela, até que a mistura esteja caramelizada e atinja 160​​˚C (caramelo escuro, caso não tenha um termômetro). Retire do fogo e adicione o creme de leite com cuidado (a mistura vai respingar bastante) e mexa com uma colher de pau até ficar homogêneo. Misture a flor de sal e use imediatamente. Se o caramelo começar a endurecer, aqueça suavemente até atingir a consistência desejada.

Leave a Reply



Proudly powered by WordPress.
Copyright © Give me Flour. All rights reserved.