` Um verdadeiro prato de café da manhã | Give me Flour

Give me Flour

Por um bom tempo, a única idéia que tinha sobre café da manhã americano era aquela pintada pelo cinema: um cara gordo e grotesco, suado, sentado em um restaurante estilo anos 50, comendo uma pilha gigante de panquecas cobertas com gordurosas fatias de bacon, tudo acompanhado por uma bela dupla de ovos fritos. De repende, o cara pega uma jarrinha contendo um líquido viscoso e começa a despejar esse tipo de “mel” – que só mais tarde fiquei sabendo que se tratava de xarope de maple – em cima de toda a comida, deixando tudo ainda mais confuso.

Vamos concordar, essa não é a melhor maneira de se apresentar a refeição que os próprios americanos consideram ser a mais importante do dia, não?

Felizmente, sei agora que o café da manhã por aqui é muito mais que isso e essa cassarola de ovos me ajudou muito nesse processo. Quem me apresentou esse prato foi minha professora de inglês, Ceci. Ela trouxe uma receita para a classe numa certa manhã e em menos de cinco minutos já não havia mais nada no pirex. Isso se torna ainda mais significativo se você considerer que minha classe tem, provavelmente, mais de dez nacionalidades representadas, um bando de pessoas diferentes acostumadas com tantos diferentes sabores; e esse poderoso prato conquistou todos eles.

Alguns dias depois ela me deu a receita e contou que essa era uma especialidade da sua mãe. Já repeti a receita várias vezes, sempre nos finais de semana, quando gostamos de tomar um café da manhã “atrasado” ou, se você preferir, um brunch. É fácil, simples e pode receber tantas variações quanto a sua imaginação é capaz de pensar.


*O tipo de linguiça usado aqui é muito diferente do que o que encontramos nos supermercados brasileiros. Por isso, para um sabor mais autêntico aqui vai uma receitinha de “pork sausage” do apresentador de tv Alton Brown. Adaptando, você pode pedir para o açogueiro moer a carne na hora e em casa você só acrescenta os temperos. E nem pense na palavra tripa, para essa receita você só precisa do “recheio” da linguiça.


Leave a Reply



Proudly powered by WordPress.
Copyright © Give me Flour. All rights reserved.