` Barrinhas de cranberry! | Give me Flour

Give me Flour

Barrinhas de cranberry!

November 20th, 2012

Eu tenho um hábito que está sempre salvando minha pele. Coleciono revistas de gastronomia e comida. Ainda não tenho certeza se isso é bom ou ruim, principalmente porque logo logo estamos nos mudando de volta para o Brasil e vai ser um desafio tanto deixá-las para tras como levá-las comigo.

Por enquanto elas estão aqui, do meu lado, me dando conselhos e me ajundando a decidir o que fazer para o próximo post.  Comcei a guardá-las logo que nos mudamos pra cá, há quatro anos. Primeiro era um jeito interessante de apreder inglês, mas elas logo se tornaram fonte de estímulo visual e um manancial de inspiração para novas receitas.

Olhando para trás, folheando as páginas dessas “velhas”revistas, é interessante perceber como o mundo que enxergamos e vemos mudou enquanto o que saboreamos continua o mesmo. E isso, na minha opinião, não é culpa das revistas. Estamos sempre à procura de novas idéias para decorar aquela antiga receita de bolo de chocolate ou servir aquele assado que faz parte do caderno de receitas da família. E não me interpretem mal, adoro experimentar coisas novas e geralmente sou a primeira a pedir aquele estranho – mas delicioso – sorvete de azeite que está no cardápio. Mas no dia a dia, tradição é a palavra.

E isso foi o que me fez escolher, sem pensar, essa receita de barrinhas de cranberry da edição de novembro de 2007 da revista Gourmet – uma revista que infelizmente está fora do mercado. Enfim, aqui nos Estados Unidos estamos nos aproximando do que acredito ser o feriado mais celebrado, o dia de Ação de Graças. E como você já deve ter ouvido falar, peru é a grande estrela dessa celebração.

Acontece que como brasileira, não cresci celebrando Ação de Graças e peru, no meu inconsciente, é coisa de Natal – pra falar a verdade prefiro mesmo é uma boa leitoa. Já com cranberries a história é diferente, foi amor à primeira mordida. Continuo não dando muita importância para o dia de Ação de Graças  mas cozinhar com cranberries, isso sim se tornou uma tradição (não conhece cranberry? Dá uma olhada nesse post do ano passado pra se inteirar).

Essas barrinhas são bastante simples em comparação com o nosso bolo de cranberry do ano passado. Nada de nozes ou pasta de amêndoas, apenas cranberries acentuadas pelas raspas de limão (que não fazem parte da receita original mas deram um toque especial).

 

Barrinhas de cranberry

¾ xícara de manteiga sem sal gelada (aproximadamente 170g), cortada em cubos de 1cm

2 xícaras de farinha de trigo

½ colher de chá de sal

1 xícara mais 2 colheres de sopa de açúcar granulado, dividido

Raspas de um limão

3 xícaras de cranberries frescas ou congeladas

1/3 de xícara de água

Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 180˚C

1. Forre uma forma rectangular de 22,5X20cm com papel manteiga deixando as pontas para fora (isso facilita a retirada das barrinhas depois de prontas).

2. Coloque no processador a manteiga, farinha, sal, metade das raspas de limão e ½ xícara de açúcar e pulse até que tudo esteja combinado. A massa também pode ser feita à mão, apenas garanta que todos os ingredientes estajam gelados antes de começar e não misture demais.

3. Pressione a massa no fundo da forma forrada com papel manteiga e asse até a massa ficar levemente dourada e os lados começarem a se soltar, por aproximadamente 25-30 minutos.

4. Enquanto a crosta está assando, cozinhe as cranberries com o açúcar restante, o restante das raspas de limão e a água em fogo médio, mexendo ocasionalmente, até que as frutinhas se abram, 6- 8 minutos.

5. Despeje a mistura de cranberries sobre a massa e continue assando até que a borda esteja dourada, cerca de 25 minutos. Peneire o açúcar de confeiteiro por cima e deixe esfriar completamente na forma. Desenforme puxando pelas bordas de papel manteiga, corte em 12 quadrados, peneire mais açúcar de confeiteiro e sirva.

Leave a Reply



Proudly powered by WordPress.
Copyright © Give me Flour. All rights reserved.